Biografia

O Plutão Já Foi Planeta é uma banda brasileira de indie pop formada em Natal no ano de 2013, no ano de 2014 a banda lançou seu primeiro single, “Daqui Pra Lá”, o qual intitula o álbum de estreia da banda, lançado em 16 de outubro de 2014. O álbum possui sete faixas, sendo elas: “Suma Daqui”, “Daqui Pra Lá”, “Haverá de Ser”, “Viagem Perdida”, “Sonho de Palmer”, “A Hora” e “Você Não É Mais Planeta”. Quem assinou a capa do álbum foi o ilustrador Aureliano Medeiros.Daqui Pra Lá foi gravado no Estúdio DoSol com colaborações de Henrique Geladeira, Anderson Foca e Yves Fernandes. Mixagem por Eduardo Pinheiro, do Estúdio Megafone.

A Plutão começou como uma banda cover de grandes nomes da música popular brasileira como Los Hermanos, Os Mutantes, Belchior, Os Paralamas do Sucesso entre outros. A Beto Rockfeller, composta por Gustavo Arruda, Sapulha Campos, Rafael Bezerra e Gustavo Matos começou a elaborar a iniciação de um projeto autoral, com vocal feminino. Com a intenção de adicionar um diferencial à banda, buscavam uma vocalista e, por meio de indicação, encontraram Natália Noronha que já escrevia suas próprias canções e as divulgava na internet.

No final do segundo semestre de 2013, Gustavo Matos, o então baterista da banda, ausentou-se e em janeiro de 2014 a banda anunciou a entrada de Raphael Andrade. Em meados de agosto de 2014, Rafael Bezerra, que comandava o baixo e o synth, deixou a banda para fazer intercâmbio na Alemanha. Com a saída de Rafael, a banda, por meio de uma indicação, encontrou Vitória de Santi. Em junho de 2015, Raphael Andrade precisou se ausentar da Plutão e Khalil Oliveira, ex-baterista da banda Talma & Gadelha foi chamado para substitui-lo, iniciando a atual formação do quinteto.

O nome Plutão já Foi Planeta, deriva de uma matéria jornalística, a banda estava buscando um nome quando Sapulha encontrou uma matéria que dizia que Plutão não era mais planeta.

SLAP

Durante o Festival Dosol dia 13 de novembro de 2016, em Natal, a banda anunciou sua assinatura com a SLAP, o selo da Som Livre, que desde 2009, tem investido em nomes da chamada Nova MPB, como Marcelo Jeneci e Tiago Iorc.

O segundo álbum está em processo de finalização, com laçamento previsto para 2017, já com selo SLAP!

 



Layout por: Lucas Matoani - Suporte PJFP 2015 - 2018 - Direitos reservados.