Blog Details

SUPORTE PJFP

Natália Noronha faz participação em novo disco de Bemti

Batemos um papo com Bemti, sobre o seu disco, “era dois”, que tem participação de Natália Noronha.

 

O mais novo trabalho do Bemti se chama “era dois”, lançado na madruga desta sexta-feira (03/08), nas plataformas digitais, o disco só foi produzido por  Luis Calil, com 10 faixas, o cantor convidou alguns artistas para participar do disco como, Jonny Hooker na faixa ‘Tango‘, Natália Noronha na faixa de ‘Às Vezes eu me Esqueço de Você‘, Marisa Brito na faixa ‘Carta a um Marinheiro‘ e Tuyo na faixa de ‘Outro‘.

Temos que confessar que o “era dois” está em loop desde a hora de lançamento. Com um gostinho de romances, desencontros e também de otimismo e seguindo em frente sempre.

SuportePJFP: Poderia nos contar quais foram suas maiores influências musicais para o “era dois”?

Bemti: Essa resposta é muito ampla, porque como é o meu primeiro disco solo, ele foi soando naturalmente como muita coisa que eu ouvi a vida inteira. Tem muito do rock alternativo do começo dos anos 2000 (principalmente Keane, Mew, Guillemots, Editors…), muito Clube da Esquina, música caipira, Abba, novos artistas brasileiros (Baleia, Tulipa…) enfim, um caldeirão.

SuportePJFP: Como foi o processo de composição do disco?

Bemti: 9 das 10 músicas foram feitas ano passado durante um processo em que a minha vida virou de pernas pro ar. Eu tenho uma banda (Falso Coral) onde não sou o vocalista principal e pra mim me posicionar como cantor e acreditar na minha voz foi uma longa jornada! O disco é sobre reconstrução pessoal e se entender melhor como pessoa (a capa é bem sobre isso), sobre deixar pra trás pessoas e coisas que te fizeram mal (e também as que fizeram bem), e ficar pronto pra encontrar o amor novamente.

Suporte PJFP: O disco possui participações incríveis Johnny Hooker, Fernanda Kostchak (Vanguart), Tuyo e Natália Noronha (Plutão Já Foi Planeta), como foi a escolha dos feats?

Bemti: O processo de escolha das participações foi muito orgânico mas cada escolha foi uma jornada diferente. Eu não tinha uma ambição de fazer um disco com tantas vozes de tantas regiões diferentes do Brasil mas foi acontecendo (e fiquei muito feliz com o resultado!). Eu já era amigo do Johnny e da Fernanda Kostchak (que toca violino em Tango), mas a Natália e o pessoal da Tuyo eu não conhecia. O convite pra Natália foi feito via twitter! A “Às Vezes…” é a música mais pop e ensolarada do disco e amo a energia que a Natália deu pra faixa e a sinergia que a gente passa quando você escuta. A voz dela foi uma escolha muito acertada pra essa atmosfera, ainda bem que ela topou o convite via twitter!

Suporte PJFP: A composição de “Às Vezes eu me Esqueço de Você“, os encontros e desencontros de grandes amores que não conseguem terminar de escrever aquela velha história, e um rascunho que ficará ali permanentemente. Como foi a composição dessa faixa e como foi o processo de gravação junto com a Natália Noronha?

Bemti: Essa música foi gravada em São Paulo, em Goiânia e em Natal! A Natália fez a parte dela na última temporada que ela passou em Natal e a gente ficou combinando tudo à distância. Acho uma delícia pensar que uma música tão aconchegante foi montada com pecinhas de lugares tão diferentes! Sobre a composição, foi bem dolorosa na verdade… Foi uma tentativa de transformar numa coisa bonita e ensolarada um sentimento. Que tava acabando comigo, que é esse de não conseguir esquecer pra valer alguém que te fez muito mal mas por quem você ainda sentia alguma coisa. Aí tem a viola caipira fazendo uns acordes muito abertos e todos os timbres de videogame e a música vai pra outro lugar, mas é uma música bem dolorida!


Ouça “era dois” nas plataformas digitais e Redes sociais de Bemti

Spotify | Apple Music | DeezerYoutube

Instagram | Facebook 

Share

Leave Your Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *