TROFÉU CULTURA 2018: Votação Aberta

15º edição do Troféu Cultura traz 140 indicados nas 14 categorias.

Troféu Cultura 2018, anunciou para a imprensa em cerimônia realizada no Kozmopolit, os 140 indicados à premiação. Abrindo a votação para você escolher os seus preferidos no site Papo Cultura.

As categorias envolvem a literatura, a produção cultural, as artes cênicas, a música, as artes visuais, a dança e a fotografia, além do prêmio para o Artista do Ano.

Vale lembrar que o Plutão Já Foi Planeta, já somam 6 troféus, desde o ano de 2015 onde a banda levou o ‘Banda do Ano’, no ano seguinte: Artista do Ano, Melhor Banda e Melhor Show (Festival Dosol ) e no ano de 2017 levaram para casa: Melhor Show (AUPFAP – no Teatro Riachuelo) e Melhor banda.

A banda também concorre pelo ano de 2018!

A votação ficará aberta até 19 de fevereiro, e o público terá direito ao voto único pelo site (mediante cadastro de CPF) e, ao fim da votação, dois especialistas em cada área, convidados pela coordenação do Troféu e anunciados publicamente, selecionará o vencedor entre os cinco mais votados pelo público.

Confira a lista completa de indicados, e vote aqui!


LISTA DE INDICADOS AO TROFÉU CULTURA 2018


PRODUTOR CULTURAL


Ana Morena (Festival Dosol /Sonora Festival / Circuito Cultural Ribeira)
Anderson Foca (Festival Dosol / Circuito Cultural Ribeira)
Jarbas Filho (Caminhada Histórica de Natal)
Jomardo Jomas (Mada)
Juçara Figueiredo (Fest Bossa & Jazz – Pipa e Mossoró)
Marcos Sá de Paula (Som da Mata e Bosque Encena)
Nathalia Santana (Burburinho Festival de Artes / Cine Verão)
Nelson Rebouças (Feira da Diversidade)
Raildon Lucena (Festival de Cinema Curta Caicó)
Tatiane Fernandes (Quartas Clássicas)


LITERATURA


“Anatomia do Ócio”, de Raimundo Leontino Filho
“Antônio Francisco: tradição e modernidade – uma poética da memória”, de Symara Tamara
“Argueirinha”, de Humberto Hermenegildo
“Café e poesia”, organizado por David Leite, Laura Barreto e Raí Lopes
“Doce azedo amaro”, de Theo G. Alves
“E por acaso deliro”, de Napoleão de Paiva Sousa
“Espelho”, de Camila Paula
“Mar interior”, de Muirakytan K. de Macêdo
“Os Últimos Passos do Enforcado”, de Edson Soares
“Retratos Fora da Parede”, de Osair Vasconcelos


FOTOGRAFIA


Alex Régis
Brunno Martins
Delson Cursino
Fernando Chiriboga
Flávio Aquino
Ian Rassari
Luana Tayze
Max Pereira
Pablo Pinheiro
Tiago Lima


ARTES VISUAIS


Arbus
Carlos Sergio Borges
Civone Medeiros
Daniel Torres
Kefren Pok
Leander Moura
Lennon Lie
Lucas MDS
Miguel Carcará
Renata Lisieux


AUDIOVISUAL


Babi Baracho (Sem retrato e sem bilhete)
Helio Ronyvon (Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da noite)
Júlio Castro e Seo Cruz ((IN)Sustentável)
Lula Augusto (Arredia e tão só)
Marcelo Buainain (Famintos)
Márcia Lohss (Enquanto o sol se põe)
Paulo Dumaresq (Catarro)
Rebeca Pelágio e Lucas Fernandes (O mistério das noites brancas)
Sihan Felix (Maria e o espelho da quase memória)
Wallace Santos (Tingo Lingo)


ESPETÁCULO DE DANÇA OU PERFORMANCE


Anticorpos (Domínio Cia de Dança)
Apático (Moisés Ferreira)
Chamada (Entre Nós Coletivo de Criação)
Estado Transitório (Coletivo Cida)
Exit (Ana Vieira, Yasmim Cabral, Alexandre Américo e Iego José)
Maré – versão compartilhada (Coletivo Cida)
Pelo Pescoço (Ana Cláudia e Mariana Hardi)
Sobre nossos pés (Grudun – Grupo de Dança Universitário)
Sonhos Lúcidos (Cia Shaman Tribal)
V. Exa. O candidato (Willy Helm)


ATOR


Cesar Ferrario (O Outro Lugar do Paraíso)
Damásio (Grupo Máscara de Teatro)
Igor Fortunato (Meu Seridó)
Jeyson Leonardo (A Farsa)
Nonato Santos (Nos Confins do Horizonte)
Paulo Lima (O Torto Andar do Outro)
Pedro Fasanaro (Onde Nascem os Fortes)
Rodrigo Bico (A jornada de um imbecil até o entendimento)
Rogério Ferraz (Guerra, Formigas e Palhaços / Quintal de Luís)
Romero Oliveira (O Torto Andar do Outro)


ATRIZ


Bárbara Cristina (Fogo de Palha)
Giovana Araújo (Sal, o menino mar)
Joriana Pontes (Cia Bagana de Teatro)
Lenilda Sousa (Nos Confins do Horizonte)
Luciana Duarte (A Farsa)
Monica Danuta (O Torto Andar do Outro)
Mikaelly Moreira (Nos Confins do Horizonte)
Nara Kelly (Meu Seridó)
Priscilla Villela (Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte / Onde Nascem os Fortes)
Titina Medeiros (Meu Seridó / Onde Nascem os Fortes)


ESPETÁCULO DE TEATRO


A Coisa do Humano (Cia Bagana de Teatro)
A Farsa (A Máscara de Teatro)
A Jornada de um Imbecil até o Entendimento (Grupo Facetas, Mutretas e Outras Histórias)
Casa do Louvor (Cia Bagana de Teatro)
Lembranças de um Circo (Cia Rascunho de Teatro)
Meu Seridó (coletivo de artistas)
Nada (GRutum)
Nos Confins do Horizonte (Cia Escarcéu de Teatro)
O Torto Andar do Outro (Cia Pão Doce)
Romeu e Julieta (Grupo Arruaça de Teatro)


BANDAS


Bex
Camarones Orquestra Guitarrística
Joseph Little Drops
Luísa e os Alquimistas
Plutão Já Foi Planeta
Potyguara Bardo
Ribeira Boemia
Skarimbó
SouRebel
Talma&Gadelha


CANTORES


Allan (Rastafeeling)
Caio Padilha
Carlos Lucena (Alfândega)
Igor Fortunato
Marcos Souto
Rafael Barros
Sueldo Soaress
Wescley Gama
Yrahn Barreto
Zé Maria Pescador


CANTORAS


Ângela Castro
Antoanete Madureira
Clara Menezes
Clara Pinheiro
Fernanda Azevedo
Khrystal
Maíra Soares
Silvia Sol
Simona Talma
Valéria Oliveira


SHOWS


100 anos de Aldo Parisot (100 violoncelistas regidos por Fábio Presgrave, no Holiday Inn)
Cartola – Simplesmente Divino (vários músicos, no Teatro Riachuelo)
Cores do Nosso Samba (Valéria Oliveira, no Teatro Riachuelo)
Giros in Solo (Tiquinha Rodrigues, no Ribeira 360)
Igor Canta Caetano (Igor Fortunato, no Teatro Dix Huit Rosado)
Linus Lerner 35 anos de música (OSRN e Linus Lerner, no Teatro Riachuelo)
Potyguara Bardo (Festival Dosol e Mada)
Rumo a Roma (Orquestra Sinfônica da UFRN, no Teatro Riachuelo)
Tudo Nosso (gravação do DVD de Marcos Souto, no Auditório do Sesc)
Uma Noite na Espanha (Orquestra Sinfônica do RN, no Teatro Riachuelo)


ARTISTA DO ANO


César Ferrario (artes cênicas)
Cia. Trapiá (artes cênicas)
Coletivo Caboré (audiovisual)
Grupo Carmin (artes cênicas)
Igor Fortunato (música/teatro)
Khrystal (música)
Mudernage (audiovisual)
Orquestra Sinfônica do RN (música)
Orquestra Sinfônica da UFRN (música)
Titina Medeiros (artes cênicas)


O Troféu Cultura 2018 tem patrocínio da Cosern e da Comjol, ambos por meio da Lei Câmara Cascudo, do Governo do Estado; da construtora AGaspar; e, pelo Programa Djalma Maranhão, da Prefeitura de Natal, da Unimed, além do apoio da Faculdade Uninassau, do Caxangá Restaurante, do Kozmopolit Restaurante & Club e do Teatro Riachuelo.